21 de agosto de 2016

Como eu cuido da minha juba

(juro que não usei maconha pra ficar com essa cara, essa é minha expressão padrão de lesada)
 Olá, pessoal. Primeiro preciso deixar bem claro que estou MUITO irritada. Época de politica(gem), aquelas músicas irritantes com os números dos candidatos em ritmo de pagode, pessoas brigando nas redes sociais por conta de candidatos que elas apoiam muitas vezes sem nem saber as propostas de governo, apoiam por motivos meramente egoístas. Tudo isso me deixa profundamente irritada (não sejam esse tipo de pessoa!!!). Mas o tema do post de hoje não é esse, o tema é algo que vocês já haviam me pedido há um tempo (sou a rainha da enrolação), falar da minha juba e de como cuido dela. Vou logo dando uns avisos básicos:
  1.  Eu não sou expert em cabelos e essas coisas, só sei uns truques básicos que vou ensinar no post.
  2.  Sou mão de vaca, então os produtinhos que uso são bem baratos, porém funcionam muito bem, obrigada.
  3.  Já chega de enrolar vocês.
 Cliquem para continuar lendo o post e sejam felizes (torço para que sim).

16 de agosto de 2016

Dreamlist: Quero ser um unicórnio

(eu abraçando meus irmãozinhos unicórnios, pagando mico na loja e agora pagando mico na internet)
 Olá, pessoas. Primeiro preciso dizer que ESTOU MUITO FELIZ com a popularidade do post sobre como reformei meu quarto, ganhei um gás pra continuar. Hoje é dia de alegria e felicidade porque é dia de post novo e de estreia de quadro novo a *tchan tchan* : ~DREAMLIST~ onde eu vou escolher seres mitológicos ou temas especiais para fazer um super post sobre o assunto, com direito a wishlist, inspirações, dicas de decoração, DIY(dos outros porque não tenho dotes) e fotos zoadas minhas no começo do post. Agora se perguntem: pra quê melhor? 

 Nada melhor que começar o quadro com meu amorzinho unicórnio. Quer dizer, eu SOU o unicórnio, isso não exige maiores explicações. Agora estou fazendo esse post para persuadir vocês a me amarem (juro que não é narcisismo!!!). Clica logo no botãozinho para ler o resto e perder seu tempo comigo (POR FAVOR, PERCA!)

13 de agosto de 2016

Como eu reformei meu quarto com pouco dinheiro

 (Essa sou eu séria tentando passar alguma credibilidade, falhei miseravelmente)
 Olá olá olá, gente eu estou devendo essa postagem há uns três milhões de anos, não dá nem pra acreditar que FINALMENTE ela saiu. Preciso dar os agradecimentos especiais à minha força de vontade que me ajudou muito nessa caminhada. Vim mostrar pra vocês ~depois de milhares de pedidos~ como ficou meu quarto, como eu fiz e te ensinar a fazer também (gastei menos de 300 reais, mais barato que a calça da mulher da música É MAIS DE 300 REAIS UMA CALÇA PRA UMA JOVEM DE 16 ANOS). Hehehe, chega de graça, clica pra ver o resto e vem cá comigo <3.

10 de agosto de 2016

Motivos para assistir Mr. Robot AGORA

 Olá, pessoinhas. Eu disse que não ia demorar. Cá estou eu para falar do MELHOR SERIADO DA MINHA VIDA. Isso por si só deveria ser um motivo para você se animar para ir dar uma olhadinha no piloto. Até eu estou surpresa por alguém ter conseguido superar minha até então queridinha How to get away with murder (agora você é a segunda melhor, anjinho. Vai ter post sobre você também). 

 Vou contar a história da minha vida pra vocês: eu sempre vi seriadinhos centrados no romance, casais fofos, nada de ação e aquela coisa bem água com açúcar mesmo. Um dia eu caí na real que assistir essas coisas só estava nutrindo minhas mais profundas ilusões de ter uma vida amorosa que funciona, ou seja, estava me iludindo. Me revoltei porque na minha vida as coisas não terminam com um final fofo de um "cara fofo" vindo me deixar um sorriso no rosto. As coisas terminam comigo mesma recolhendo os caquinhos e fazendo por merecer meu próprio sorriso. Esse parágrafo foi totalmente desnecessário, foi um desabafo pessoal meu. Agora vamos seguir para o que interessa, juro que não quero mais te fazer perder tempo.
 Antes de mais nada a sinopse porque eu não sei explicar tramas: Elliot (Rami Malek) é um jovem programador que trabalha como engenheiro de segurança virtual durante o dia, e como hacker vigilante durante a noite. Elliot se vê numa encruzilhada quando o líder (Christian Slater) de um misterioso grupo de hacker o recruta para destruir a firma que ele é pago para proteger. Motivado pelas suas crenças pessoais, ele luta para resistir à chance de destruir os CEOs da multinacional que ele acredita estarem controlando - e destruindo - o mundo.

 FINALMENTE VOS APRESENTO OS MOTIVOS CONCRETOS PARA VER ESSE SERIADO:

9 de agosto de 2016

Um ode aos recomeços

(hoje eu acordei às 6:10 da manhã e essa foi a visão que eu tive. Sei lá porque, quis tirar uma foto, nem tava planejando esse post)
 Olá, amiguinhos. Eu sei que eu sumi, eu sei que não há explicação para tal e nem desculpas para compensar esse fato. Eu realmente estava convencida que o blog não cabia mais na minha rotina, que em meio a *estudos academia pilates rpg arrumar a casa tentar ter vida social dar atenção ao meu cachorro* não dava certo ter um blog. Acontece que nessa manhã fatídica de 09/08 eu acordei me sentindo incompleta, acordei sabendo que faltava alguma coisa na minha vida. Então caiu a ficha que era o blog, que era escrever, que era compartilhar coisas com vocês, que era sair um pouco dessa normalidade que os dias nos obrigam a ter para finalmente respirar um pouco da loucura que é se expor e se arriscar na internet. EU VOLTEI, não quero fazer promessas porque fica parecendo tudo muito bullshit, me sinto a maior falsa quando as faço. Então eu simplesmente vou aproveitar o fucking Carpe Diem ao pé da letra e dizer para vocês que andava precisando mesmo de recomeços, de coisas que me façam sentir viva de verdade e, CARALHO (desculpa o palavrão, mas esse é um momento importante) esse blog me faz sentir viva, me faz sentir como se eu não fosse mais uma merda programada para nascer, crescer, estudar, trabalhar, ter filhos, morrer e ~bum~ isso mesmo, não fazer nenhuma diferença, não ter nada de incomum. 

 Sendo assim estou de volta, a maioria de vocês deve ter sumido, mas vou fazer de tudo para reconquistá-los e trazer gente nova. Tudo no meu ritmo, na minha vida, trazendo as coisas do meu mundo. A começar pelo post do quarto porque sim, estou devendo pra vocês. Não estou aqui por fama, não estou aqui por dinheiro, não estou aqui pra ganhar nada, estou aqui por vocês e por mim e pela nossa relação QUASE falida. Mas eu tenho muito amor às causas perdidas.

GABI, PARA DE CUSPIR PALAVRAS E MOSTRA ALGUMA COISA INTERESSANTE UMA VEZ NA VIDA!

*POESIA*
 PRIMEIRO quero dizer que muita coisa aconteceu na minha vida, uma delas foi a poesia ter entrado. Não tô falando de romance, dias de Sol (hellou nuvens que não saem mais do céu, vocês realmente estão fazendo um trabalho e tanto deixando os dias cinzas) e todas essas coisas que a gente vê em filmes da Sessão da Tarde. To falando e poesia no sentido literal, aprendi a AMAR com todas as minhas forças poesia, literatura mais antiga e tal. Pretendo fazer um post sobre isso, mas por agora quero apresentar para vocês um poeta chamado Augusto dos Anjos (do Pré-modernismo :))) só pra vocês não dizerem que esse post foi inútil. Tirei foto dos meus dois poemas favoritos dele (com marcação nas partes mais importantes pro post ficar íntimo) para vocês lerem e conhecerem.


 Um pouco tristes, mas TÃO EU, mas TÃO lindos </3.


*MÚSICA*
 Vander Lee morreu semana passada. É provável que esse nome não faça você pensar em nada, mas na minha mente sempre foi um nome de muita força e ao saber de sua morte repentina eu fiquei em choque, assim como minha mãe. Por muito tempos as músicas dele marcaram minha vida, então é inevitável sentir aquela perda imensa. Vander Lee é um cantor de MPB, um dos caras mais sensacionais, as letras das músicas dele são de uma poesia (você de novo) fora de série e se você tem neurônios é meio impossível não ouvir suas músicas e ficar em um estado de transe profundo. Não dá pra descrever, só ouvindo. então se você não o conhece, POR FAVOR dá play nessas 3 músicas dele (especialmente a primeira) e sente só que coisa incrível. De verdade, que ele descanse em paz onde quer que esteja, uma alma tão pura e tão talentosa não desaparece nunca, não é esquecida nunca.

(chorando horrores, essa é uma das músicas mais lindas que já ouvi em toda a minha vida, sério gente)
"Sabe o que eu queria agora, meu bem?
Sair, chegar lá fora e encontrar alguém
Que não me dissesse nada
Não me perguntasse nada também

Que me oferecesse um colo ou um ombro
Onde eu desaguasse todo desengano
Mas a vida anda louca
As pessoas andam tristes
Meus amigos são amigos de ninguém"

(ain </3, meu coração partido se identifica)
"Românticos são lindos
Românticos são limpos e pirados
Que choram com baladas
Que amam sem vergonha e sem juízo

São tipos populares
Que vivem pelos bares
E mesmo certos vão pedir perdão
Que passam a noite em claro
Conhecem o gosto raro
De amar sem medo de outra desilusão
Romântico
É uma espécie em extinção"

"Meus olhos te viram triste
Olhando pro infinito
Tentando ouvir o som do próprio grito
E o louco que ainda me resta
Só quis te levar pra festa
Você me amou de um jeito tão aflito

Que eu queria poder te dizer sem palavras
Eu queria poder te cantar sem canções
Eu queria viver morrendo em sua teia
Seu sangue correndo em minha veia
Seu cheiro morando em meus pulmões"

 Acho que depois dos poemas de Augusto e das músicas de Vander Lee é inevitável não ficar um pouco na bad, mas saibam que essa não foi minha intenção, de verdade. Eu volto ainda essa semana, posts novos já estão sendo escritos na parte de rascunhos. Estou me sentindo bem para ser livre novamente, obrigada por isso <3.
AMO VOCÊS <3

Design by | SweetElectric